7 benefícios de aprender a tocar um instrumento musical

Muita gente não sabe, mas aprender a tocar um instrumento musical não é apenas um excelente hobby. Esse tipo de prática pode gerar benefícios em diferentes aspectos da sua vida.

Estudos mostram que tocar instrumentos musicais ajuda tanto nas capacidades motoras do corpo quanto em vários processos cognitivos do cérebro. Confira abaixo alguns dos pontos positivos que a atividade pode gerar. 

1. Melhora a capacidade de memorização

Uma pesquisa publicada na The Telegraph, e várias outras do meio científico, mostraram que tocar um instrumento musical melhora a capacidade de memorização. Segundo ela, ao tocar, os músicos estimulam áreas importantes do cérebro que não são estimuladas por pessoas que não tocam nenhum instrumento, e são regiões responsáveis pela memorização de informações.

2. Torna você mais produtivo

Esse tipo de prática age diretamente na Função Executiva do cérebro. Essa é uma área responsável por execução de tarefas, tomada de decisões, resolução de problemas e seus relacionados. Pessoas que tocam algum tipo de instrumento musical com frequência e disciplina
conseguem melhorar essas funções e, com isso, se tornam mais produtivas.

3. Aumenta a coordenação motora
Tocar instrumentos musicais, principalmente os que envolvem uma quantidade maior de movimentos em conjunto como bateria, violão e piano, também aumenta a coordenação motora.  Inclusive, essa é uma prática muito recomendada para o tratamento de doenças neurológicas e neurodegenerativas. Música também é saúde!

4. Combate o estresse e a ansiedade

Como hobby ou profissão, essa atividade também age diretamente no combate do estresse e ansiedade. Tocar ajuda a diminuir os níveis de cortisol do corpo, que é uma substância que, em grandes quantidades, gera as sensações de ansiedade, nervosismo, raiva e estresse.

5. Melhora a concentração e foco

As regiões da memória que são ativadas quando você toca um instrumento musical também são responsáveis pela concentração e foco. Ou seja, quando você toca consegue melhorar o seu nível de atenção e assim executar tarefas com mais exatidão e qualidade.
6. Combate a perda da capacidade cognitiva relacionada ao envelhecimento

Conforme envelhecemos é comum que nossa capacidade cognitiva seja afetada. Com isso, pessoas adultas e idosas tendem a esquecerem de informações, não pensarem em respostas rápidas, ou até mesmo têm dificuldades com tarefas do cotidiano. Ao tocar um instrumento musical é possível estimular regiões do cérebro interligadas às capacidades cognitivas, evitando ou reduzindo a perda das mesmas. 

7. Estimula os hormônios de bem-estar 

Por último, mas não menos importante: tocar um instrumento musical também estimula a produção dos hormônios de bem-estar, como a serotonina. É através deles que você pode sentir as sensações de bem-estar, prazer e felicidade. Por conta de todos esses benefícios, esse tipo de prática também melhora a qualidade de vida. Afinal de contas ela ajuda tanto no aspecto físico quanto no mental do ser
humano, trazendo evolução e desenvolvimento múltiplos. 

E você, qual instrumento musical você gostaria de aprender a tocar para ter todas essas vantagens no dia a dia? Deixe o seu comentário abaixo e aproveite para compartilhar esse post!

Sobre Universidade do Áudio

Engenheiros de áudio, produtores musicais e músicos profissionais de prontidão gerando conteúdo de qualidade para você :)

Comentários (2)

  • jjforti10@gmail.com'
    joão josé forti

    tenho já 63 anos de idade e como tive a doença do PANICO, meu médico psiquiatra recomendou estudar musica, mas precisamente flauta transversal que eu gosto demais, e gostaria de saber se esse estudo vai para frente com essa idade?????

    • Universidade do Áudio

      Olá José! Tudo bem? Não há idade certa para começar a aprender um instrumento! Os benefícios pra saúde são inúmeros e certamente vc pode tirar muitos proveitos do seu aprendizado de flauta aos 63 anos de idade. Pega firme! Um abraço da Equipe UA!

  • Comentários bloqueados.