6 fatos importantes sobre produção musical para ajudar novos profissionais do ramo

A Produção Musical tem se mostrado uma área promissora em vários aspectos. A ampliação do mercado juntamente com os canais de divulgação como YouTube, Spotify, SoundCloud e outras plataformas têm dado condições para profissionais do setor crescerem. 
Mas existem algumas informações sobre a Produção Musical que passam batido e hoje vamos elencar seis que consideramos bem importantes e podem ajudar interessados e iniciantes no assunto.

1. Seu repertório influenciará diretamente nas suas produções
Ao trabalhar no ramo da produção musical é importante ser conhecedor de um repertório diversificado e amplo.  Quanto mais gêneros você for capaz de entender e aplicar, mais ampla será sua sensibilidade e capacidade para atender a diferentes clientes. Essa característica
também influencia sua criatividade e capacidade de criar soluções. Isso é muito importante para ter trabalhos com frequência e garantir que você se adapte ao contexto ao seu redor. 

2. Conhecer e entender cifras e partituras é um diferencial
Apesar do produtor musical focar na produção como um todo, entender de cifras e partituras permite ao produtor auxiliar os músicos no processo criativo. O mesmo vale para tocar instrumentos musicais. Em teoria esse tipo de profissional não precisa, necessariamente, contar com esse tipo de conhecimento. Mas saiba que pode ser um bom diferencial em várias ocasiões na hora do trabalho.

3. Multifuncionalidade é essencial
Outra informação muito relevante que você precisa saber antes de ingressar na área de produção musical é que o mercado tem uma demanda por profissionais multifuncionais. Se você deseja atuar em uma produtora ou gravadora, conhecer diferentes softwares, técnicas e processos serão características importantes. Quem vai abrir seu negócio próprio também precisa usar da multifuncionalidade, já que na maioria das vezes o profissional precisa trabalhar sozinho até ter uma situação financeira que permita a expansão da equipe e divisão de tarefas e responsabilidades.

4. Saiba teoria musical, será de extrema importância
Teoria musical é uma das bases de quem trabalha na produção musical. Muita gente afirma que esse não é um conhecimento fundamental, mas acreditamos que, na verdade, é sim. Saber a teoria básica ampliará suas opções de ferramentas e soluções e te ajudará a realizar produções de maneiras arrojadas e elaboradas, além de facilitar o diálogo com os artistas, músicos e engenheiros com que estiver trabalhando. Outro ponto a se considerar é que não há como querer criar algo novo e diferente do que já foi visto sem saber o que já foi criado e suas bases. 

5. Quem não se atualiza perde espaço
Assim como em qualquer área de trabalho, quem não se atualiza tende a ficar para trás e perder espaço. O mercado de produção musical, bem como o mundo, vive em constante evolução. Seja o surgimento de novos softwares de edição, plataformas de streaming ou até gêneros musicais, a produção musical é direta e rapidamente afetada pela evolução da tecnologia e da sociedade. E quem se mantém atualizado
certamente tem mais facilidade para se destacar no segmento. 

6. Calma! As primeiras tentativas não serão suas melhores produções
  
Ninguém começa no ramo da produção musical criando obras épicas e icônicas. Na verdade, é muito provável que no início você irá produzir muita coisa de que não vai gostar no futuro. A melhor forma de conseguir se aperfeiçoar é, certamente, estudando e produzindo cada vez mais. É uma questão de treino e prática, assim como a grande maioria das atividades da vida. Quanto mais você produzir, gravar, mixar, masterizar, mais treinados os seus ouvidos serão e mais fácil os processos vão se tornar. 

Gostou dessas informações sobre a Produção Musical? Aproveite para deixar o seu comentário!

Sobre Universidade do Áudio

Engenheiros de áudio, produtores musicais e músicos profissionais de prontidão gerando conteúdo de qualidade para você :)